Na Alunefe encontra os mais variados tipos de vidro, capazes de se adaptarem às mais diferentes circunstâncias

Que tipos de vidro existem

Publicado em Blog

O blog da Alunefe apresenta-lhe os diferentes vidros que existem.

Diferentes vidros para diferentes exigências

Todos os tipos de vidro têm especial importância já que representam o elemento de obra mais representativo e débil nas fachadas. São, por este motivo, o elemento com as maiores capacidades de possibilitar a realização de poupança de energia em qualquer tipo ou sistema de caixilharia.

A importância dos vários vidros

A relação entre a luz natural e a vida das pessoas têm vindo a tornar-se mais abrangente, a variedade dos produtos, as suas funções e as suas performances, proporcionam uma enorme liberdade de criação na construção nova ou de renovação.

Ao nível das caixilharias, o produto base utilizado é o vidro float, ou seja, chapa de vidro recozido simples, que pode ser transformado noutros tipos de vidro.

Os diferentes vidros produzidos a partir do vidro float:

  • Vidro temperado

O vidro temperado termicamente é um vidro que foi sujeito a um tratamento térmico destinado a aumentar a sua resistência mecânica e a alterar a sua fragmentação em caso de rotura, face ao vidro recozido.

  • Vidro laminado

O vidro laminado é constituído por duas ou mais folhas de vidro coladas em toda a sua superfície por um intercalar, o qual é normalmente constituído por uma ou mais películas de material sintético, resina ou gel.

O material mais utilizado para intercalar é o PVB (polivinil butiral). A este intercalar podem ser exigidas várias funções, nomeadamente, prevenir a queda de fragmentos de vidro, melhorar o isolamento sonoro, a segurança contra incêndio, armas de fogo, arrombamento etc.

  •  Vidro duplo

Os vidros duplos surgiram para incrementar o isolamento térmico dos vãos envidraçados, sendo constituídos por duas chapas de vidro separadas por um espaço de ar ou de outro gás selado.

A selagem é realizada com base num separador que define o afastamento entre as chapas e duas linhas de vedação.

  • Vidro triplo

À semelhança dos vidros duplos, os vidros triplos surgiram como um desenvolvimento tecnológico para incrementar o isolamento térmico dos vãos envidraçados, sendo constituídos estes por três chapas de vidro separadas por dois espaços de ar ou com outro gás selado.

Agora que já conhece os tipos de vidro que existem, já pode escolher os que melhor se adequam às suas necessidades.

Caso ainda tenham dúvidas sobre os diferentes vidros, não hesite em nos contactar.